Deus já está Selando o Seu Povo

Não danifiqueis nem a terra, nem o mar, nem as árvores, até selarmos na fronte os servos do nosso Deus (Apocalipse 7:3). Aqueles que receberem o selo de Deus em suas frontes serão protegidos durante as pragas apocalípticas; e será justamente nesta ocasião que a seguinte profecia terá o seu mais perfeito e literal cumprimento: “Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita; tu não serás atingido. Somente com os teus olhos contemplarás e verás o castigo dos ímpios. Pois disseste: O SENHOR é o meu refúgio. Fizeste do Altíssimo a tua morada. Nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos os teus caminhos” (Salmos 91:7-11).

Mas então você pode perguntar, - o que é o selo de Deus? O que significa o selo descrito em Apocalipse 7:3? Resposta: "Resguarda o testemunho, sela a lei no coração dos meus discípulos." (Isaías 8:16)

Vemos assim que a chave para a compreensão do que seja o selo de Deus se encontra na Sua Lei moral. Um selo é o que torna um documento oficial, e ele normalmente contém três características: Nome, Função e Jurisdição (Domínio). Um exemplo bíblico seria o de Ciro, rei da Pérsia, em Esdras 1:1.

E em qual dos Dez Mandamentos se encontram todos os elementos de um selo? Resposta: porque, em seis dias, fez o SENHOR os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há e, ao sétimo dia, descansou; por isso, o SENHOR abençoou o dia de sábado e o santificou” (Êxodo 20:11).

O quarto mandamento é o único que contém todos os três elementos de um selo: (1) “o SENHOR” – Seu nome, (2) “fez” – Sua função como Criador e (3) “os céus e a terra, o mar e tudo o que neles há” – Sua Jurisdição ou Domínio.

A presidente da república Dilma Vana Rousseff tem um ‘carimbo’. Com este carimbo, ela autentica seus documentos. Este carimbo de Dilma pode ser considerado como sendo um selo, pois distingue determinado documento como sendo dela. É considerado um selo porque tem três principais características: Nome, Função e Domínio (Jurisdição).


*NOME: Dilma Vana Rousseff.

*FUNÇÃO: Presidente.

*DOMÍNIO: Brasil.


Percebeu? O sábado tem estas 3 (três) características de um selo, pois contém o nome do dono do selo, sua função e seu domínio:

*NOME: “Senhor Deus”

*FUNÇÃO: Criador. “Porque em seis dias fez o Senhor...”.

*DOMÍNIO: O Universo. “... o céu, a terra, o mar e tudo o que neles há...”.


Além disso, Deus nos deu o presente do sábado como um especial sinal do Seu poder: “Também lhes dei os meus sábados, para servirem de sinal entre mim e eles, para que soubessem que eu sou o SENHOR que os santifica.” (Ezequiel 20:12). E também para que sejamos “marcados” como propriedade distinta Sua, pois ao guarda-lo estaremos demonstrando ao mundo e ao universo que reconhecemos Jesus Cristo como sendo verdadeiramente o nosso Deus: “santificai os meus sábados, pois servirão de sinal entre mim e vós, para que saibais que eu sou o SENHOR, vosso Deus.” (Ezequiel 20:20).


Deste modo, nós podemos claramente ver que Deus declara que Ele nos deu o Sábado, o sétimo dia, como um sinal da Sua autoridade como Criador e poder santificador daqueles a quem Ele “predestinou” a serem justificados e separados do mundo para Si. É o Seu selo, ou marca de autoridade. As palavras “selo”, “sinal” e “marca” são usadas de forma intercambiada ao longo de toda a bíblia (nós podemos ver esse intercâmbio, p. ex., ao traçarmos um paralelo entre Genesis 17:11 e Romanos 4:11 e, igualmente, ao compararmos Apocalipse 7:3 com Ezequiel 9:4).

0 comentários:

Postar um comentário